resgate sua experiência

Entenda por que engajar colaboradores é melhor do que apenas retê-los

blank

As estratégias de retenção de talentos fazem parte do cotidiano dos setores de RH das empresas. Em determinadas áreas, reter colaboradores já se tornou uma grande preocupação, já que há muitas ofertas disponíveis e os profissionais têm mudado de emprego com uma frequência cada vez maior. 

Entretanto, para especialistas em recursos humanos, a ideia de apenas reter os colaboradores está defasada, e é preciso que ela seja aliada a outras estratégias. A valorização dos funcionários e as ações para elevar as taxas de engajamento são fundamentais e devem integrar o planejamento de RH. 

De acordo com a FecomercioSP, a taxa média de turnover no Brasil em 2018 era de 3,79%. Essa mesma pesquisa constatou que o índice de turnover aumentou em 82% das organizações brasileiras desde 2010. Agora, em um momento pós pandemia, essa realidade segue sendo uma dor de cabeça para as empresas. 

blank

Mas o que significa reter os funcionários?

A estratégia de retenção de talentos se torna defasada quando considera apenas a conservação de funcionários para evitar desligamentos e novas contratações. Dessa forma, o que acontece é apenas a permanência de profissionais desinteressados, sem entusiasmo nem engajamento

Essa lógica é fácil de compreender, ainda mais se você aplicá-la na vida real, pensando na sua empresa. Você gostaria de ter um funcionário que apenas aparece para trabalhar, faz o básico, não inova, não compartilha conhecimentos e não participa ativamente das decisões da equipe? 

Portanto, a “lição” que fica é que apenas reter alguém é o mesmo que segurar, sem integrar, um colaborador que poderia estar motivado.

Estratégias de retenção com engajamento

Para muitas empresas, a principal estratégia para reter e manter colaboradores motivados é o benefício financeiro. Bônus, prêmios, compensações e outros benefícios são usados por 64% das companhias brasileiras, de acordo com um estudo da consultoria Michael Page.

Entretanto, apelar apenas para o financeiro também não é uma aposta segura. O funcionário pode acabar se mantendo na empresa apenas por conta disso, enquanto seu interesse real em fazer parte da companhia já não existe mais. 

Funcionários engajados são mais produtivos e inovadores, têm mais energia e trabalham melhor em equipe. Este engajamento começa pelo cuidado mais básico, que é a preocupação com a saúde mental e a promoção de um ambiente de trabalho focado no bem-estar

blank

Manter uma equipe motivada, portanto, deve ser um plano permanente, visando sempre entender quais fatores são decisivos para que cada colaborador sinta motivação para desempenhar o seu trabalho da melhor maneira possível. Com uma experiência positiva de trabalho, é natural que o colaborador se sinta mais engajado.

O reconhecimento profissional adequado vai além de bônus financeiros, que também são bem-vindos, mas não devem ser tudo. Com recompensas pelo engajamento, o colaborador gera resultados para a empresa e  se dedica para oferecer o seu melhor. Um colaborador valorizado vai querer continuar desempenhando seu trabalho com eficiência e manterá sua taxa de engajamento constantemente alta.

Pense na sua empresa: já existe um programa de recompensa para os funcionários mais engajados?

Converse conosco!

Premiar, reconhecer e engajar com experiências é uma forma criativa, única e que se adapta a necessidade de cada colaborador. A Immaginare é pioneira e líder quando o assunto é reconhecimento e incentivo. E mais de 16 anos de trabalho nos revelou o quanto isso faz a diferença nas empresas.

Estaremos felizes em atender a sua empresa! Entre em contato conosco pelo email ou whatsapp! 

Conheça o nosso trabalho!

Leave a Reply